Inscrições abertas para a segunda edição da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia | 06.08.2019

Com o objetivo de estimular o estudo da história da fotografia brasileira e das obras do seu acervo, o Instituto Moreira Salles promove a segunda edição da Bolsa IMS de Pesquisa em Fotografia. Será selecionado um projeto inédito sobre a produção da fotógrafa e crítica Stefania Bril (1922-1992), cujo arquivo está sob a guarda do IMS. As inscrições estão abertas até 4 de outubro, e o resultado final será divulgado em novembro no site do IMS. (Veja abaixo mais informações sobre como se inscrever)


O pesquisador contemplado receberá o valor de R$ 30 mil, que será pago em 12 parcelas mensais de R$ 2.500,00. Para concorrer à bolsa, é necessário possuir o título de mestre e, caso o candidato seja estrangeiro, residir no Brasil há no mínimo um ano. O projeto de pesquisa deve ser original e inédito, não resultando de dissertação ou tese de conclusão de curso ou pós-graduação. Os candidatos serão avaliados por uma comissão de seleção constituída por três profissionais indicados pelo IMS.


O bolsista desenvolverá parte das atividades de pesquisa presencialmente no IMS Rio, onde se encontra o acervo de fotografia, tendo acesso ao banco de dados e à documentação de Bril. Após a conclusão do projeto, cuja duração máxima é de um ano, o pesquisador apresentará um relatório final, um artigo de conclusão do trabalho, além de proferir uma palestra aberta ao público sobre os resultados de seu trabalho.


Os projetos inscritos devem analisar a ampla produção de Stefania Bril, tanto como fotógrafa quanto como crítica e produtora de iniciativas de difusão e reflexão sobre a fotografia. O objetivo é pesquisar sua contribuição para o adensamento do campo da fotografia no Brasil, entre 1970 e 1992.


Nascida em Gdansk, na Polônia, em 1922, no seio de uma família judaica, Stefania permaneceu na capital polonesa durante a Segunda Guerra, tendo adotado um sobrenome católico como estratégia de sobrevivência. Estudou química na Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica, e, em 1950, já formada, partiu para o Brasil, acompanhada pelo seu marido. Radicada em São Paulo, começou a trabalhar na indústria química.


Sua atuação na fotografia começou relativamente tarde. Em 1969, aos 47 anos, ingressou na Enfoco, escola de fotografia fundada por Claudio Kubrusly. A partir desse momento, até seu falecimento em 1992, dedicou-se integralmente à linguagem fotográfica. Sua produção foi exibida em mostras individuais e coletivas ao longo da década de 1970, e em dois livros de ensaios: Entre (1974) e A arte do caminhão (1981).


De 1978 até 1991, foi crítica do jornal O Estado de S. Paulo, escrevendo com regularidade sobre as exposições, os eventos e as publicações de fotografia, no Brasil, principalmente em São Paulo. Entre 1982 e 1991, também foi colaboradora da revista Iris.


Também idealizou e coordenou os Encontros Fotográficos de Campos do Jordão, em 1978 e 1979, e a Casa da Fotografia Fuji, entre 1990 e 1992; participou como representante do Brasil em eventos internacionais relevantes, como o II Colóquio Latino-americano de Fotografia (Cidade do México, 1981) e o Mois de la Photo, em Paris (1986 e 1988), organizou mostras de fotografia brasileira no exterior, além de ministrar diversos cursos e palestras Brasil afora.


O pesquisador contemplado com a bolsa terá como base o arquivo de Bril, composto por negativos, ampliações de fotografias e produção textual de sua autoria; fotografias de terceiros; correspondências com fotógrafos e representantes de instituições culturais; recortes de jornais e revistas; entre outros itens.


Para Ileana Pradilla Ceron, responsável pelo Núcleo de Pesquisa em Fotografia do IMS, “a articulação do arquivo Stefania Bril, em suas várias dimensões, com outros arquivos documentais poderá estimular novas interpretações e contribuirá para a ampliação do conhecimento sobre os contextos de produção, reflexão e difusão da fotografia, no Brasil e no exterior, de 1970 a 1992”.

 

Para se inscrever:

O formulário de inscrição está disponível no seguinte link: bit.ly/bolsadepesquisa2019.

Além de preencher o formulário, os interessados devem enviar o projeto de pesquisa, entre outros documentos elencados no edital, para o endereço bolsadepesquisa@ims.com.br, até o dia 4 de outubro.

O edital da bolsa também está disponível no site do IMS.

 

ims.com.br

twitter.com/imoreirasalles

instagram.com/imoreirasalles/

facebook.com/InstitutoMoreiraSalles

 

Informações para a imprensa IMS:

Bárbara Giacomet de Aguiar – (11) 3371-4490

barbara.aguiar@ims.com.br

 

Mariana Tessitore – (11) 3371-4479

mariana.tessitore@ims.com.br


outros Editoriais

  • CANCELADO #TBT / Conversa entre Janaína Tschåpe e Vik Muniz - Carpintaria / terça/06 agosto/19h | 05.08.2019

  • IMS Rio promove segunda edição da Feira no Cobogó | 01.08.2019

  • Conversa dia 30/07 às 19h com o artista Manoel Veiga e os críticos de arte Agnaldo Farias e Paulo Sergio Duarte na Galeria Maria de Lourdes Mendes de Almeida, Centro Cultural Candido Mendes, Ipanema. | 29.07.2019