Previous Next

Alice Ricci

A partir do dia 16 de março (sábado) a Periscópio Arte Contemporânea recebe “Toda tentativa é um fracasso”, primeira exposição individual de Alice Ricci (SP), com curadoria de Paula Borghi. A mostra exibirá trabalhos da artista paulista, realizados durante os anos de 2016 – 2019 que apropriam-se de jogos de passatempos como, revistas de palavras cruzadas, jogos de liga pontos, blocos de construir e caça-palavras. A abertura será de 13h às 17h, aberta ao público.


Nas palavras da curadora o jogo de Alice Ricci “possui regras subvertidas. Páginas de uma revista passatempo, por exemplo, tem suas letras preenchidas e desenhadas segundo formas geométricas criadas pela artista. Cria-se um código visual construído através de uma tradução gráfica do conteúdo imagético presente na revista e não dos exercícios sugeridos por essa. Trata-se do jogo como proposição que reinventa e perpassa qualquer limite ou norma imposta. Essa é a liberdade que se encontra no processo artístico, partindo do princípio básico de burlar constantemente os sistemas regidos por uma lógica funcional”.


A exposição se constitui por meio de desenhos e esculturas que discorrem sobre a ideia do fracasso através do jogo. Paula Borghi trata o trabalho de Alice como “Obras que tem o ato de jogar como verbo em tentativa: jogar constantemente sem a necessidade de nada além do próprio gesto em si, anulando qualquer probabilidade de ganhar ou perder”. 


A Periscópio aproveita o momento para apresentar o PORÃO (Sala de Projetos), novo espaço anexo à galeria, um lugar de experimentação pensado para receber projetos de diversas práticas e poéticas, impulsionando trocas de experiências entre artistas, curadores independentes, coletivos e o público em geral. Para a inauguração do espaço a Periscópio recebe o artista Eduardo Hargreaves, que apresenta uma seleção diversa dos trabalhos construídos pelo artista entre desenhos e objetos onde manchas de óleo, carvão, pigmentos e nas mudanças de estado físico da parafina – ao derreter, espalhar e enrijecer, são tomados pela evidência de um lugar que se projeta sobre a noção de uma fronteira imprecisa, uma área limítrofe entre o conhecido e o desconhecido, entre a segurança e o risco. 



Alice Ricci

Toda tentativa é um fracasso 


De 16 de março a 20 de abril de 2019

Segunda a Sexta das 10h às 18:30h 

sábados das 10h às 14h

Aberto ao público



Periscópio Arte Contemporânea

Av. Álvares Cabral, 534, Lourdes,

Belo Horizonte, MG


Deixe sua Crítica

Você precisa estar logado para deixar a sua crítica. Faça seu login abaixo ou clique aqui para se cadastrar.

Seja o primeiro a comentar.